Adufs se reúne com centrais e movimentos para organizar greve geral de 14 de junho

Aconteceu
Movimentos e sindicatos decidiram sair em ato a partir das 15h da praça General Valadão (Reprodução)
Movimentos e sindicatos decidiram sair em ato a partir das 15h da praça General Valadão (Reprodução)

Na manhã desta segunda-feira (3), na sede da CUT Sergipe, a ADUFS participou de uma reunião de construção da greve geral do dia 14 de junho contra a reforma da Previdência. A professora Beatriz Freitas, diretora administrativa e financeira, representou o sindicato. 

Estiveram presentes representantes de movimentos sociais, centrais sindicais e sindicatos: Adufs, MTST, Afronte, ANPG (Associação de Pós Graduandos), coletivo Quilombo, FUP (Federação Única dos Petroleiros), IBGE, Sintufs, Sindifisco, CSP-Conlutas e CUT.

A concentração do ato está prevista para as 15h na praça General Valadão, com rota a ser definida. Foi tirado como encaminhamento a construção de um panfleto unitário e uma agenda comum entre os movimentos presentes para esta semana.

Na quinta (6), às 9h, haverá uma nova reunião na CUT. Um dia antes, na quarta (5), a Frente Povo Sem Medo se reúne às 15h no Sinasefe. No embalo das lutas pela educação, a greve geral do dia 14 de junho já começa a virar realidade.

Agenda da semana 3 a 7 de junho 

05 de junho (quarta-feira) às 8h - Aula pública organizada pela FUP com o tema: política de preço dos combustíveis e das privatizações;

05 de junho (quarta-feira) às 19h - Mobilização contra a reforma da previdência e em defesa da educação pública no bairro Japãozinho;

06 de junho (quinta-feira) às 9h - Reunião na CUT para construção da greve geral e encaminhar a estratégia e rota do ato;

Acompanhe nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/AdufsSergipe/

Veja também