Parceria com MOPS traz práticas integrativas para ADUFS

Aconteceu

A partir do dia 20 de fevereiro, o Movimento Popular de Saúde (MOPS) oferecerá terapias junto ao Projeto de Extensão de massagem do curso de Fisioterapia da UFS, no auditório da ADUFS. Além das massagens, que ocorrem todas as terças-feiras, agora será possível ter acesso a sessão de reiki, acupuntura auricular e fitoterapia.

O projeto de extensão de massagem do curso de Fisioterapia da UFS é coordenado pela prof. Maria Goretti Fernandes. Ele existe desde fevereiro de 2016, através de uma parceria com a ADUFS, e ocorre às terças-feiras no auditório, das 14h às 16h. O MOPS realizará os atendimentos no mesmo espaço de 13h até 17h30.

Segundo a coordenadora do movimento, Simone Leite, a ideia é divulgar as práticas integrativas entre a comunidade acadêmica da UFS. Com o tempo e de acordo com a demanda, a coordenação planeja trazer novos tratamentos, como florais e homeopatia.

O MOPS já atua no campus de Lagarto há cinco anos. Nos últimos dois, a ADUFS cedeu um espaço para os atendimentos no campus da Saúde, às quartas-feiras, durante o dia inteiro. Em 2017, 850 servidores foram atendidos lá.

Desde 2006, o Ministério da Saúde aprovou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS, seguindo orientação da Organização Mundial da Saúde para reconhecimento e incorporação das medicinas tradicionais e complementares, conhecidas como ramos da medicina alternativa, nos sistemas nacionais de saúde.

“É um trabalho voluntário que a gente quer ampliar por dentro da universidade. A gente fica muito feliz de a ADUFS estar recebendo o MOPS, através da professora Goretti”, afirmou Simone.

Sobre o MOPS

Começou a atuar em Sergipe em outubro de 1979, e luta na defesa da saúde pública e de fortalecimento do SUS, articulando práticas integrativas e tradicionais do cuidado em saúde, por intermédio da educação popular.

O trabalho desenvolvido é voluntário, em geral por pessoas que tiveram acesso aos tratamentos e se interessaram em participar dos cursos ministrados pelo movimento, que também organiza encontros, seminários e oficinas.

A servidora da UFS Mônica Viana é exemplo disso: foi uma das alunas e hoje é voluntária, aplicando reiki e acupuntura auricular. Formada em Contabilidade, está se especializando em uma linha que envolve mais energia que números. “Quando eu passei no concurso em 2014 fui para Lagarto, lá conheci o MOPS, me engajei e não sai mais”, confirmou.

Para participar dos cursos gratuitos, basta entrar em contato pelo e-mail cursospráticas2015@gmail.com para receber a ficha de inscrição. A sede fica localizada na rua Riachuelo, 680, Bairro São José. Conheça a lista de cursos aqui.

Veja também