Resun contrata nova empresa e deve reabrir no fim de julho

Reportagem Especial
Previsão de reabertura é dia 22 de julho, segundo diretor do Resun (Roberto Oliveira/ADUFS)
Previsão de reabertura é dia 22 de julho, segundo diretor do Resun (Roberto Oliveira/ADUFS)

De pratos vazios há mais de dois meses devido a uma reforma de adequação e problemas licitatórios, o Restaurante Universitário (Resun) da UFS enfim contratou uma nova empresa de alimentação e tem previsão de volta no fim de julho.

A vencedora da licitação foi a empresa RK Refeições, de Manaus (AM), que deve se instalar nos próximos dias nas dependências da reformada cozinha do Resun.

O Restaurante passou por algumas obras de adequação para voltar a produzir refeições na própria UFS, como acontecia antes da terceirização, mas teve problemas no processo licitatório, atrasando o cronograma (a promessa inicial era retornar em maio) e prejudicando a alimentação e a renda de cerca de cinco mil estudantes e funcionários da Universidade.

O diretor do Resun, professor Airto Batista, afirmou à reportagem da ADUFS que a previsão de reabertura é dia 22 de julho. Após a instalação da RK Refeições nas dependências do Restaurante, o que deve começar ainda nesta semana, haverá alguns testes operacionais, contratação de pessoal e inspeções dos órgãos fiscalizadores, como Bombeiros e Vigilância Sanitária.

Enquanto isso, estudantes seguem reclamando do impacto negativo que o fechamento de Resun tem tanto na qualidade alimentar como na renda.

Levantamento realizado pelos próprios alunos na internet mostrou que muitos deixam de fazer as três refeições por dia e passam a se alimentar de produtos processados e pouco nutritivos, devido ao aumento do custo de vida em torno da UFS, especialmente no bairro Rosa Elze.

Ou seja, em razão da demora na reabertura do Resun, muitos residentes, estudantes do interior e de baixa renda estão comendo mal, fato que foi motivo de protesto de centros acadêmicos e coletivos estudantis no hall da Reitoria em 12 de junho passado.

Por fim, vale lembrar que um dos objetivos da reforma de readequação do Resun foi a redução dos custos, vinculados ao Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAE), aprovado quando da Reforma Universitária dos governos petistas. Segundo o diretor Airto Batista, ao voltar a produzir as refeições em suas próprias dependências, o Restaurante economizará até 50% do que era gasto até então.

Confira abaixo nota da Pró-Reitoria de Planejamento no site da UFS

Informamos à comunidade acadêmica que a contratação de empresa para preparo e fornecimento das refeições do Restaurante Universitário (Resun), do campus de São Cristóvão, foi concluída com êxito. Trata-se de uma nova modalidade de contratação com o preparo sendo realizado integralmente nas dependências do restaurante universitário.

A empresa contratada terá que cumprir as formalidades legais no tocante a licenças de funcionamento junto aos órgãos competentes bem como contratação de pessoal, cabendo à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proest) emitir ordem de serviços com prazos para início das atividades.

A expectativa é que o início das atividades ocorra na segunda quinzena de julho de 2019.

Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan)

Acompanhe nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/AdufsSergipe/

Veja também